Tuesday, July 13, 2021

Encontro de Astrofotografia na Chapada dos Veadeiros - Noite 3

O nascer e o pôr do sol nessas terras de altitude goianas são igualmente belos!

O sol surge no horizonte abrindo nosso terceiro e último dia!

Estive na companhia do amigo Renato durante esse encontro e  que mais uma vez foi companheiro de bons papos! Esse refletor 200mm estava com ele, depois acessem @renatosouza82 para olharem também suas capturas.

Meu equipamento durante essas três noites:

  • OTA: C8
  • MONTAGEM: CEM60
  • CÂMERA DE CAPTURA: Zwo Asi 2600MC
  • CÂMERA DE GUIAGEM: Zwo Asi 224
  • GUIDER: Zwo GuideSpoce 280mm
  • FOCALiZADOR; Zwo EAF
  • REDUTOR: 0.63x

A idéia foi aproveitar os 1274mm efetivos desse setup para capturar astros com tamanho aparente reduzido. Para essa noite segui com o plano!

Essa é a Galáxia do Redemoinho  M51 e sua companheira menor NGC5195 na constelação de Cães de Caça, localizada próxima a Ursa Maior. Acredita-se que seus braços espirais sejam compridos devido a interação entre as duas galáxias. Recentemente se especulou sobre a possibilidade de cientistas terem descoberto o primeiro exoplaneta fora da Via Láctea, foi batizado de M51-ULS-1b.


Nebulosa Planetária Helix, apelidada de "Olho de Deus" devido ao seu formato, é resultado de gases sendo liberados de uma estrela de pouca massa em fase final de sua vida.


E para fechar com chave de ouro, na minha opinião uma das galáxias mais bonitas: Escultor! Possui um raio aproximado de 45mil anos-luz e está localizada a 12 milhões de anoz-luz de nós. Por ser uma das galáxias mais próximas tem sido alvo de cientistas na busca por galáxias anãs. Recentemente foram encontradas Donatiello II, III e IV próximas a Escultor.


Céus limpos para todos
@astronomianocerrado

Monday, July 12, 2021

Encontro de Astrofotografia na Chapada dos Veadeiros - Noite 2

Com o sol indo se esconder atrás do Morro da Baleia, entramos na segunda noite! Mais uma vez as nuvens foram embora e logo chegou o frio. Pegamos temperaturas de 6/7 graus.

A noite hoje está reservada para as galáxias. Os 1274mm de distância focal do C8 com redutor são perfeitos para esse tipo de objeto. Fui atrás de duas pequenas galáxias (NGC4567 e NGC4568) que estão em rota de colisão e irão se fundir. São galáxias espirais que fazem parte do grupo local de galáxias em Virgem


Ainda nesse campo de visão é possível notar a presença de mais duas pequenas galáxias desse grupo de Virgem, que deixo identificadas nessa imagem.


Após 3 horas capturando sinal das galáxias em colisão, sigo para uma galáxia espiral na constelação do Pavão. A aparência da nossa Via Láctea seria muito semelhante a NGC6744. A região central em cor mais amarelada é formada principalmente de estrelas mais velhas e frias, ao contrário dos braços de cor mais azulada que possui estrelas mais jovens e quentes. Assim como a Via Láctea que possui a grande Nuvem de Magalhães como uma galáxia satélite, a NGC6744 também possui e pode ser observada nessa imagem (uma pequena nuvem mais abaixo da galáxia no sentido do canto inferior direito)

Céus limpos a todos!

@astronomiaNoCerrado


Sunday, July 11, 2021

Encontro de Astrofotografia na Chapada dos Veadeiros - Noite 1

E lá vamos nós mais uma vez para a Chapada dos Veadeiros passar frio e dormir pouco 😀! Adicione muito papo, boas risadas e uma boa dose de apreciação do céu e você terá uma idéia desse encontro de amigos e colegas entusiastas da astronomia e astrofotografia.

Foram 3 noites de capturas de diversos tipos de astros: Galáxias, Nebulosas de Emissão, Nebulosas Planetarias, Aglomerados e uma dose de observação em um telescópio muito bem apelidado de Olhão! 

Deixarei aqui um total de 3 posts com minhas capturas durante esse encontro!

Omega Centauri é um aglomerado de milhões de estrelas, estimas-se ter uma massa correspondente a aproximadamente 5 milhões de massas solares. Pode ser um objeto remanescente, resultado da captura de uma pequena galáxia próxima a Via Láctea.

É um objeto de céu profundo que pode ser visto a olho nú em um céu escuro como o da Chapada dos Veadeiros. A curiosidade é em relação a sua provável trajetória, acredita-se que sua trajetória não acompanha o movimento dos braços da Via Láctea, sua trajetória possui um ângulo que faz com que Omega Centauri atravesse os braços da nossa galáxia.

A Nebulosa de emissão Crescente está localizada na constelação do Cisne e é  resultado das ondas de colisão de ventos estelares com diferentes velocidades oriundos da estrela HD192163.


O Olhão 


Céus limpos a todos

@astronomiaNoCerrado

Nebulosa Cabeça de Cavalo

A famosa região da Cabeça de Cavalo na constelação de Orion está localizada a 1.500 anos-luz da Terra na proximidade de uma das "As Trê...